logo
Contato | Sobre...        
rebarba rebarba

Rodrigo Strauss :: Blog

follow us in feedly

O outro lado da moeda

Um usuário Linux fez uma avaliação do Windows XP Home, e chegou a conclusão que ele está quase bom para o uso em desktops. Apesar de ter sido colocado na sessão de humor do site, todas as críticas e considerações que ele faz têm fundamento, e mostra que em alguns pontos o Linux com KDE ou Gnome é bem melhor do que o Windows. Eu achei interessante pelo fato da comparação estar considerando como base o Linux, e não o Windows. E o melhor de tudo: o "avaliador" soube elogiar os pontos fortes do Windows, sem simplesmente falar mal como faz a "banda podre" do Linux.


Em 28/05/2005 20:43, por Rodrigo Strauss


  
 
 
Comentários
Wanderley Caloni Junior | website | e-mail | em 29/05/2005 | #
Apesar dos elogios todos serem feitos sempre em um tom de ironia =)
Rodrigo Strauss | website | em 29/05/2005 | #
Concorda que já é um grande progresso? :-)
Clebson Derivan | website | em 02/06/2005 | #
banda "podre do linux" é foda hein, que dizer que citar os pontos negativos, que estao ai pra todo mundo ver é ser do contra ??

[]'s
Clebson
Rodrigo Strauss | website | em 02/06/2005 | #
"que dizer que citar os pontos negativos, que estao ai pra todo mundo ver é ser do contra?"

Não, citar os pontos negativos não é ser do contra. Não vejo nenhum problema em citar os pontos negativos do Windows ou mesmo do Linux.
A "banda podre" do Linux é formada por aquele banco de fanáticos que só sabem falar mal da Microsoft, falar que o Windows é um lixo, mas não sabem escrever um linha em C++ e nunca colaboraram em nada com a comunidade open source. Ou seja: um bando de babacas que são fanáticos pelo Linux igual eles são por uma banda de rock. Ele não colaboram com o open source, só sabem encher o saco.
Guima | website | em 02/06/2005 | #
Eu estranhei bastante o artigo. Embora meu conhecimento esteja praticamente todo voltado para Windows, eu vejo vantagem em muitos casos para utilização do Linux. Por exemplo, recentemente troquei a hospedagem do meu site de servidores Linux para Windows, para poder usar páginas ASP. Ficou mais lento pra carregar e parecer ter uma latenciazinha que não tinha antes :) Mais achei muito estranho o autor enfatizar usabilidade, criticar o procedimento de instalação de programas no Windows, compatibilidade com hardware (muuuito estranho), etc, me deu a nítida impressão de ele pegar o melhor caso de um programa no Linux e o pior no Windows para fazer a comparação. No meu entender, há vantagens do Linux sim, mais não são as expostas no artigo, e não vem ao caso me estender agora...

Quanto a afirmação "banda podre", talvez possa ser explicada lendo os comentários, pra mim até mais interessantes que o artigo em si, vocês leram ? Por exemplo, apareceu um cara dizendo que é admin Unix/Linux e já foi admin Windows, e que o artigo parecia uma grande piada, pois para ele o Unix tem coisas boas porém administrar o Unix é bem mais trabalhoso. O cara foi massacrado, mais não com argumentos, e sim com xingamentos :) Tipo, alguém poderia ter perguntado: "Se é assim então fale uma atividade da manutenção que seja mais fácil no Windows", mais isso ninguém fez.
Eu é que não quero me envolver com essa briga... :)

{}s
Rodrigo Strauss | website | em 03/06/2005 | #
Para mais explicações sobre a "banda podre", veja os comentários de http://www.1bit.com.br/content.1bit/weblog/open_source_gover...
Clebson Derivan | website | em 03/06/2005 | #
Entendi seu ponto de vista meu, mas eu acho que tu foi meio "radical" nos teus comentarios, principalmente por tu ser "cobra criada"(nao entenda mal) da microsoft e só agora está se interessando por linux, se tu nao acredita nos ideais é simplesmente pelo o fato de você nao ter acompanhado toda luta desde o começo!

Eu conheço um monte dessas pessoas da "banda podre", e sinceramente tem muito nego bom, tem gente que nao programa uma linha de code mesmo, mais contribui com howto para algum software, no linux tem muito disso de separar, quem coda e quem se especializa em admin. então, assim, o comentario nao me ofendeu de forma alguma, só não achei bem colocado. uma vez que é necessario conhecer os dois lados da moeda ;)

[]'s
Clebson
Rodrigo Strauss | website | em 03/06/2005 | #
Eu acompanho a "luta" já faz 7 anos, e como eu já escrevi no meu about, já cheguei a usar só Linux em casa durante 6 meses. Uma das coisas que eu gostaria *muito* hoje em dia era ter tempo para participar do projeto KDE. Eu só não tenho esse papo de filosofia de software livre para libertar a população do demônio Microsoft. Software é software, não religião.

Eu também conheço pessoas dessa "banda podre", mas também conheço pessoas que gostam de Linux e nem se importam que a Microsoft existe. O que me irrita é o fato desse pessoal demonizar a Microsoft para das destaque ao Linux. O Linux não precisa desse tipo de coisa, ele tem grandes qualidades.

Sim, tem muita gente que colabora e não programa, e eles são muito úteis. Por isso que muitos projetos FOSS são traduzidos para dezenas de idiomas e têm documentação. :-)
Rey | website | e-mail | em 19/07/2007 | #
O linux é tão bom que nen de graça faz sucesso!
Rodrigo Strauss | website | em 19/07/2007 | #
Muito científica e embasada sua informação. Você é pesquisador?
Algo a dizer?
Nome:


Site:


E-mail:


Escreva o número vinte e seis:


 Não mostre meu e-mail no site, não serve pra nada mesmo...

Comentário





Os comentários devem ser sobre assuntos relativos ao post, eu provavelmente apagarei comentários totalmente offtopic. Se quiser me enviar uma mensagem, use o formulário de contato. E não esqueça: isso é um site pessoal e eu me reservo o direito de apagar qualquer comentário ofensivo ou inapropriado.
rebarba rebarba
  ::::