logo
Contato | Sobre...        
rebarba rebarba

Rodrigo Strauss :: Blog

follow us in feedly

Quando a Microsoft quer portabilidade, ela usa C++

O Windows Presentation Foundation - antigo Avalon - ou WPF é a novo "subsistema" de apresentação do Windows. Metade dele foi feito em C#, com o backend baseado em DirectX para conseguir a perfomance necessária. As novidades são muitas. Além de ser managed, essa plataforma possibilita o design declarativo usando XAML (um XML que descreve as janelas/canvas/controles, algo como o SVG), permite integração de vídeo, animação, gráficos vetoriais e possui um sistema de roteamento de eventos entre os controles bem interessante. O WPF será nativo no Windows Vista (antigo "code-named Longhorn") e haverá uma versão que rodará em Windows XP SP2 e Windows Server 2003 SP1.

No PDC 2005, foi apresentada uma versão do WPF chamada WPF/E, que é a "Windows Presentation Foundation Everywhere". Essa é a versão portável da WPF, que a Microsoft disponibilizará para outras plataformas. Na demostração dessa versão (reduzida) do WPF, o palestrante usou browser Safari, em um Mac, e abriu tranquilamente um arquivo XAML.

O detalhe interessante é que o WPF/E foi implementada em C++, e não em C#. Afinal, ele tem que ser portável...

Em 30/09/2005 15:27, por Rodrigo Strauss


  
 
 
Comentários
Algo a dizer?
Nome:


Site:


E-mail:


Escreva o número vinte e seis:


 Não mostre meu e-mail no site, não serve pra nada mesmo...

Comentário





Os comentários devem ser sobre assuntos relativos ao post, eu provavelmente apagarei comentários totalmente offtopic. Se quiser me enviar uma mensagem, use o formulário de contato. E não esqueça: isso é um site pessoal e eu me reservo o direito de apagar qualquer comentário ofensivo ou inapropriado.
rebarba rebarba
  ::::