logo
Contato | Sobre...        
rebarba rebarba

Rodrigo Strauss :: Blog

follow us in feedly

Planeta C++

O criador do C++ (Bjarne Stroustrup) mantém uma pequena lista dos softwares que foram feitos usando C++. Acredito que mais de 95% dos softwares que rodam em plataforma Windows são feitos em C e C++. Não sei se existe uma estatística oficial sobre isso, mas a esmagadora maioria dos software conhecidos são feitos em C ou C++.

Para as pessoas que trabalham diretamente com C ou C++ isso parece óbvio, mas como no Brasil pouca gente trabalha com isso, esse post deve trazer a resposta para a pergunta que os programadores VB e Java nunca pararam para fazer.

Não se esqueçam de olhar o item "Microsoft".


Em 19/08/2004 20:34, por Rodrigo Strauss


  
 
 
Comentários
Luciano Veiga | em 28/10/2005 | #
Vale lembrar que o kernel do GNU/Linux (e da maioria dos Unices) é feito inteiramente em Assembler (inline) e C.

E os ambientes gráficos são escritos em C (Gnome) ou em C++ (KDE).

Existe muito software escrito em Java, agora a pergunta é: "É adequado ?".

[]'s
---
Rodrigo Strauss | website | em 28/10/2005 | #
O Java é adequado para muitas coisas, assim como o VB também é. O que muita gente não parou para pensar é que o Java é feito em C++, assim como o VB e a infraestrutura do .NET também são.
Hugo Parente | em 11/12/2005 | #
A imensa maioria do kernel do linux é em C, apenas alguns minusculos trechos especificos são em ASM.

Acho que é questão de cultura... na maioria das vezes os javaman só sabem Java, por isso fazem tudo em Java... Os Cppman normalmente sabem 1, 2 ou 3 linguagem fora o amado C++, o que abre espaço para pensar.

P.S.: Ok, meu comentário é digno de um cppman cego, eu assumo.
Rodrigo Strauss | website | em 11/12/2005 | #
Acho que quase todos os kernel do mundo real (descontando os SOs feitos para estudo) são feitos em C e não em C++. A diferença é que o Javaman não consegue fazer um sistema operacional 100% Java. Podem chegar no 99%, mas 100% nunca. Mas é possível fazer um SO 100% C++.

Como eu já disse, uma linguagem para cada uso:
http://www.1bit.com.br/content.1bit/flexibilidade
Algo a dizer?
Nome:


Site:


E-mail:


Escreva o número vinte e seis:


 Não mostre meu e-mail no site, não serve pra nada mesmo...

Comentário





Os comentários devem ser sobre assuntos relativos ao post, eu provavelmente apagarei comentários totalmente offtopic. Se quiser me enviar uma mensagem, use o formulário de contato. E não esqueça: isso é um site pessoal e eu me reservo o direito de apagar qualquer comentário ofensivo ou inapropriado.
rebarba rebarba
  ::::