logo
Contato | Sobre...        
rebarba rebarba

Rodrigo Strauss :: Blog

follow us in feedly

Doenças de programador e o crônico problema da falta de concentração

Encontrei (adivinha por onde?) um post muito bom sobre problemas de saúde que costumam acometer profissionais de informática (prefiro esse termo do que geek). Lá um médico fala desde problemas do sono e de cama ("The bed should only be used for two things: sex and sleep" - acho que isso exclui o uso do notebook) até as comuns dores nas costas.

O que mais me chamou atenção foi a parte sobre dificuldade de atenção e foco. Isso é MUITO comum comigo e com muitos programadores que eu conheço. A pessoa consegue ficar programando horas a fio, mas dorme em uma reunião em menos de 5 minutos. Eu não faço mais reuniões (sou feliz, não sou?), mas quando eram necessárias eu ficava com sono a partir do momento que eu entrava na sala de reunião e via aquele monte de gente sentada. Outra coisa que me chamou a atenção foi ele falar que muitas pessoas gostam de trabalhar com computadores porque é a única coisa que consegue prender a atenção e deixá-las concentradas. O que mesmo assim pode ser difícil, principalmente para pessoas que como eu trabalham em ambientes barulhentos e cheios de baias.

Essa parte de concentração me lembra um artigo do Joel onde ele fala que nós geralmente demoramos aproximadamente 15 minutos para entrar em um estado de concentração bom o suficiente para produzir um código de qualidade. Como fazer isso quando o ambiente de trabalho parece mais um mercado de peixe e as pessoas não pensam duas vezes antes de chamar tua atenção para algo completamente fútil e desnecessário? Por isso que na Microsoft (e outras empresas, espero) cada programador tem sua própria sala...


Em 07/04/2006 15:44, por Rodrigo Strauss


  
 
 
Comentários
Cesar | em 07/04/2006 | #
Caiu como uma luva!

Eu sou um dos que usam o notebook na cama, mas uso uma daquelas mesinhas para tomar café na cama, o que não ajuda em nada com relação a dor nas costas mas pelo menos eu não fico com a maquina diretamente sobre o colo (esquenta muito).

Quanto a concentração, eu tenho o azar de ser muito dispersivo. Qualquer coisa me tira a concentração e para retomar a escrita do código eu levo muito tempo mesmo, isso quando não me aborreço e acabo indo checar o que há de novo no leitor de RSS... como agora por exemplo, e a coisa piora quando tem algo digno de ser comentado. :D

A empresa mantém uma conexão de banda larga em casa para os dias em que eu tenho que focar no desenvolvimento. (adoro fazer home office! Também sou feliz, né?)

Com os anos de experiência desenvolvi algumas técnicas para lidar com essa minha limitação:

- Todo mundo da casa sabe que meu quarto é solo sagrado e não se entra assim sem mais nem menos. (depois de algumas broncas o pessoal aprendeu)

- Desative todo que possa ser uma distração em potencial, TV, radio, bomba de ar do aquário, MSN, Google Talk, ICQ, ou qualquer outro site sistema de mensagens instantâneas e mesmo o leitor de e-mail e ignore o RSS, etc.

- Faça "o ritual" antes de começar a programar. Com isso quero dizer para fazer sua rotina para se prepara, por exemplo quando vou trabalhar em casa eu finjo que vou para a empresa, levanto, me arrumo, tomo café, etc. só que no lugar de pegar o carro eu volto para o quarto. No começo quando tomava o café na frente do PC ainda de pijamas era bem mais complicado "engrenar" no desenvolvimento.

E por fim, estando em casa ou no escritório tente se disciplinar para manter um horário planejado com pausas para café, almoço, etc. (a soneca de 20 minutos depois do almoço é permitida desde que não passe de 20 minutos hehe).

Charles Schneider Pereira | website | em 07/04/2006 | #
Muito bons o artigo, o comentário e as dicas do Cesar. É verdade tudo isso que acontece. Não só na programação, mas em qualquer área que exija concentração, é quase que imprescindível um desligamento do mundo exterior.

A pior coisa que tem - ou uma das piores - é tu estar concentrado em uma tarefa, quase "chegando lá", e o telefone toca. Aí não há cristão que resista. Até o cara retomar a concentração... talvez lá tenha se ido uma boa idéia.
Fabrício Ferreira | website | e-mail | em 10/04/2006 | #
O pior de tudo são as "boas idéias" que se perdem no meio dessa história toda.

As idéias mais interessantes que tenho (relacionados à programação, é claro) costumam aparecer durante o banho, trajeto casa-trabalho || trabalho-casa, aula, etc. Se não dou um jeito de anotá-las, provavelmente não consiga lembrar delas.
jeremias | e-mail | em 22/04/2006 | #
qual local que devo puscar informAÇÃO
João | website | em 08/06/2006 | #
Eu não tenho problemas quanto a concentração, pode estar
caindo tudo que eu pareço não houvir.
Meu problema porem é outro, não sei se é uma doença, mas darei o nome de "Idéias Multiplas consecutivas".O caso é que não paro de ter idéias, ai começo a fazer algo em cima da primeira idía e ai surje a segunda, ai paro o que eu estava fazendo para fazer a segunda e ai vem a terceira ideia...aff...
Resumindo ao final não lembro de nada e não fiz nada!!!
Fábio V. Dias | e-mail | em 10/10/2007 | #
Hehehe.. estou rindo aqui heheh
Eu trabalho em casa, o problema de trabalhar em casa é se concentrar, você fica totalmente relaxado. Mas quando pego no embalo viro a madrugada programando, empolgo d+, as vezes chego a desenvolver 14 horas / dia brincando. Agora quando tem parente em casa, ou chega visita, esquece, a produtividade cai pra baixo.
Como João falou, isso pra mim é falta de foco, eu também tenho este problema de muitas idéias, parece que vai inovar mas no fim você não acaba fazendo nada...
Pedro Carneiro Jr. | website | em 18/08/2009 | #
Também percebo a minha concentração muito volátil. Já está me deixando preocupado e me causa problemas em casa, quando vou ligar o alarme do carro e quando vou pater o ponto no trabalho.

Tem também outras questões de saúde que o sedentarismo do programador proporciona, mas niguém arrisca falar delas em público. É melhor colocar a culpa no profissional e dizer que ele não zela por sua saúde, não é mesmo? Na minha opinião, precisamos é de regulamentação profissional. Existe insalubridade em algumas das funções de TI.

O interessante é que fiz várias tentativas de pesquisa no Google com Saúde + Programador e várias variações e só veio assunto relacionado à área de especialização de Informática Médica. Pode?

Demorei a achar o seu blog, colega, mas já gravei nos favoritos.

Aproveita e se inscreva no nosso grupo Os Caras da Informática e vamos colocar movimento lá ( http://br.groups.yahoo.com/group/OsCarasDaInformatica/).

[]s,
Pedro
http://br.groups.yahoo.com/group/OsCarasDaInformatica/
http://pedrokarneiro.blogspot.com
http://cidadetoco.blogspot.com
Glauber | em 12/07/2010 | #
Eu também sofro da Sindrome das "Idéias Multiplas" hehe!
D
Algo a dizer?
Nome:


Site:


E-mail:


Escreva o número vinte e seis:


 Não mostre meu e-mail no site, não serve pra nada mesmo...

Comentário





Os comentários devem ser sobre assuntos relativos ao post, eu provavelmente apagarei comentários totalmente offtopic. Se quiser me enviar uma mensagem, use o formulário de contato. E não esqueça: isso é um site pessoal e eu me reservo o direito de apagar qualquer comentário ofensivo ou inapropriado.
rebarba rebarba
  ::::