logo
Contato | Sobre...        
rebarba rebarba

Rodrigo Strauss :: Blog

follow us in feedly

Bugs no Intel Core Duo

Eu não gosto muito de ficar colocando links aqui (eu presumo que as pessoas lêem meu blog por causa das coisas que EU escrevo, e quem quer notícias frescas lê o Slashdot) mas esse eu não resisti...

Saiu uma lista de bugs do Intel Core Duo, o novo processador da Intel, com 34 bugs que soam realmente absurdos para qualquer um que conheça o mínimo de estrutura de processador. Alguns deles me parecem realmente graves, principalmente os relacionados com Virtual Memory e Virtual Mode. Segundo fontes que eu não sei se são confiáveis, a Intel não pretende corrigir muitos dos bugs (o que tem sentido do ponto de vista econômico, isso deve custar um fortuna). Eu entendo que processadores complicados como os atuais tenham bugs, mas esses me pareceram (não sou o especialista de plantão, vou esperar o Jon Hannibal do Ars Technica se pronunciar) realmente desastrosos. Vamos esperar o tempo passar para ver a reação do mercado e da Intel.

Talvez a nossa exposição a esses bugs sejam um pouco menor no Windows 64 bits, já que, para meu desespero, tudo que rodar em kernel mode vai precisar ser assinado...


Em 24/01/2006 20:00, por Rodrigo Strauss


  
 
 
Comentários
Wanderley Caloni Junior | website | e-mail | em 24/01/2006 | #
Se considerarmos que esses bugs só acontecerão em código privilegiado, ou seja, executado em ring0, não são tão graves quanto parecem.

Mas a notícia particularmente me assustou. Sempre confiei demais no hardware, considerando ele testado nas condições mais impropícias. Pelo menos o processador! Afinal de contas, ele é a base de todo o software. Se houver algum problema no hardware, como confiar no software??
Rodrigo Strauss | website | em 24/01/2006 | #
Alguns bugs podem ser contornados pelo sistema operacional, como os de gerenciamento de memória.

Não sei se todos esses bugs são só ring0, os de floating point me pareceram genéricos.
Daniel Quadros | website | em 25/01/2006 | #
Acho que o artigo exagera no alarmismo. A maioria dos defeitos diz respeito a coisas que funcionam de forma diferente do especificado (mas não necessariamente absurda) em situações pouco prováveis. Embora não seja muito divulgado, a maioria dos processadores tem problemas deste tipo.

É provavelmente incorreta a conta de "bugs desde o lançamento" do artigo, os bugs provavelmente foram descobertos antes mas não foram considerados graves o suficientes para justificar segurar o lançamento.
Rodrigo Strauss | website | em 25/01/2006 | #
Eu nem me liguei muito no conteúdo do artigo, mas sim na lista de bugs. Achei alguns bugs (como os de VMM e de hibernation) críticos suficientes para gerar alguma preocupação.

Bom, apesar que é pra isso que o Windows tem driver de processador...
Daniel Quadros | website | em 30/01/2006 | #
Abaixo um link (mais um!) de alguém que também acha que o artigo é alarmista:

http://www.theinquirer.net/?article=29321

Rodrigo Strauss | website | em 30/01/2006 | #
Eu acho que hoje em dia a coisa é um pouco mais preocupante. Estamos todos correndo feito uns desesperados para fechar as falhas de seguranças de software, agora (não que isso seja um fenômeno recente) temos possíveis falhas de segurança e fontes de DoS no processador.

A grande maioria das falhas encontradas não atingem a grande maioria que fica longe do processador (como programadores user-mode C++/VB/Delphi/etc) ou muito, muito longe do processador (Java e .NET). Mas algumas falhas podem ser usadas por rooktiks e malwares kernel mode para algo não programado.

Outro grande perigo é que o drivers feitos pela Microsoft passam por um rígido controle de qualidade e testes para certificar que eles contornam os bugs de um processador. Não podemos dizer o mesmo do driver xingling para aquele cabo USB cuja capa eu coloquei aqui no blog...
Wanderley Caloni Jr | website | e-mail | em 30/01/2006 | #
Moral da história: não compre cabos USB cuja capa foi traduzida no altavista; depois seu micro dá tela azul e vc xinga a Microsoft =)
Algo a dizer?
Nome:


Site:


E-mail:


Escreva o número vinte e seis:


 Não mostre meu e-mail no site, não serve pra nada mesmo...

Comentário





Os comentários devem ser sobre assuntos relativos ao post, eu provavelmente apagarei comentários totalmente offtopic. Se quiser me enviar uma mensagem, use o formulário de contato. E não esqueça: isso é um site pessoal e eu me reservo o direito de apagar qualquer comentário ofensivo ou inapropriado.
rebarba rebarba
  ::::